Ensine seu gato a não arranhar móveis

 gato-arranhando-sofa

Ensine seu gato a não arranhar móveis

É da natureza dos felinos arranhar. Esse comportamento é importante porque, além de ser útil para afiar suas unhas, os pets conseguem demarcar seu território, já que deixam sinais visuais e olfativos ao arranhar. O hábito funciona como um exercício físico: o animal se alonga e contrai os diferentes músculos do ombro, patas e costas. Apesar de arranhar ser algo instintivo para o seu gatinho, é possível evitar esse costume, sem trazer prejuízos para saúde do bichano. Confira agora!

1- Não reprima

Vale destacar que, por ser algo da natureza dele, os donos devem tomar cuidado na hora de orientá-lo. Evite brigas e gritos que, de alguma forma, deixem o gato envergonhado. 

2- Arranhadores

Ter um bom produto desse em casa é essencial. Com ele, o felino continuará arranhando, mas, dessa vez, no lugar certo. Existem vários modelos no mercado. Na hora de comprar, procure por um arranhador que se adeque melhor ao tamanho do animal quando ele estiver em pé. A peça precisa ser firme, para que não amasse com o peso do pet. Mas tome cuidado para que o arranhador não seja pesado ou grande demais, pois, assim, pode cair em cima do bichano. 

Depois de comprar o arranhador, coloque o objeto próximo aos móveis que o animal mais gosta de arranhar. Por exemplo, se o felino adora arranhar o pé da cama, encoste o arranhador nesse lugar para que a peça sirva como uma barreira mecânica. Caso o bichano costume arranhar muitos móveis, o ideal é que sejam espalhados diversos arranhadores, também perto dos móveis preferidos pelo animal.

3- Água ou sprays

Outra dica é borrifar água no gato, quando ele estiver com suas garras no móvel. O líquido não machuca, mas ensina ao pet que ele não deve agir mais assim. Existem também sprays com cheiros que repelem os gatos e que também podem ser usados nos móveis. Dessa forma, quando o bichano sentir o odor, se afastará.

4- Cuidados com as unhas

É necessário mantê-las bem aparadas. É uma forma de controlar e minimizar a vontade de arranhar, já que eles fazem isso para lixar o excesso de crescimento e afiá-las. Isso deve ser feito com muito cuidado. Caso contrário, pode causar ferimentos, pois eles têm um vaso de sangue que passa por dentro da unha. Quando cortada de forma inadequada, pode causar sangramento, dor e traumas. Procure locais e pessoas treinadas para te ajudar.

Se ficou com alguma dúvida, escreve para gente nos comentários!

Aprenda como cuidar dos pelos do seu gatinho.

Você também é apaixonado por animais? Curta nossa página no Facebook e siga no Instagram, você vai poder acompanhar muito conteúdo interessante sobre cães e gatos! 

Até a próxima!
Bichos & Caprichos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *