Dicas essenciais para cuidar de cachorros idosos

Dicas essenciais para cuidar de cachorros idosos I Bichos & Caprichos

 

Os cachorros idosos precisam de cuidados especiais, portanto preparamos pra você dicas essenciais para cuidar de cachorros idosos.

A expectativa de vida dos cães pode variar bastante. Dependendo da raça, os companheiros de quatro patas podem viver de 8 até 15 anos. O porte do animal influencia bastante: cachorros com porte pequeno costumam viver mais do que os cães de porte grande.

O Beagle, por exemplo, é uma raça de médio porte, que costuma viver de 10 a 14 anos. A partir dos 8 anos, ele já pode ser considerado um cão idoso. O Chihuahua e o Poodle, ambas raças de pequeno porte, podem ser considerados idosos também aos 8 e têm uma expectativa de vida de 15 anos. Já os cães de grande porte podem ser considerados velhinhos aos 5.
 
Com a idade avançada, o organismo do seu melhor amigo pode sofrer alguma alterações. Mas, com cuidados certos, ele pode aproveitar o melhor da vida e fazer muitas travessuras ao seu lado.

Veja agora dicas essenciais para cuidar de cachorros idosos.


 

O que muda no dia a dia do cão idoso?

Você deve perceber que o seu cachorrinho idoso está um pouco diferente: mais quieto e menos brincalhão. Isso é normal. Com a idade, os cães costumam ter uma personalidade diferente. De qualquer forma, é sempre importante consultar o veterinário. Existem algumas dicas que você pode fazer em casa para cuidar ainda melhor do seu bichinho.

 

Passeios

É muito importante que o cachorro idoso continue se exercitando. Mantenha os passeios, mas tome cuidado: observe como o cão se sente e reage. Eles tendem a se cansar com mais facilidade. Além disso, dê preferência para passear em horários mais frescos, antes das 9h ou depois das 15h. Isso ajuda muito o bem-estar do bichinho.

 Dicas essenciais para cuidar de cachorros idosos I Bichos & Caprichos


Mudanças na casa ou no apartamento

Os cães mais velhos têm mais dificuldade de se adaptar à nova casa. Eles, inclusive, podem esquecer alguns comandos de treinamento que receberam ao longo da vida. Por isso, tente manter a caminha, a ração e bebedouro sempre no mesmo lugar para ajudar seu pet.

Alimentação

A alimentação de um cão idoso precisa de atenção redobrada. Troque as rações por versões especiais para cachorros mais velhos. Essas rações têm menos calorias, além de conter mais teor de fibra, o que ajuda no bom funcionamento intestinal. No geral, os cães com 8 anos ou mais devem passar a se alimentar com ração específica para idosos.
 
A Bichos & Caprichos recomenda as marcas Proplan 7+, Premier Sênior, Equilíbrio Sênior e Hill’s longevidade ativa, que podem ser compradas na Pet Shop.

Consultas ao veterinário

Os cachorros idosos tendem a diminuir a qualidade da audição e da visão, além de perder massa muscular. Com a idade avançada, ficam mais propícios a algumas doenças, como osteoporose e diabetes.

Para prevenir doenças, é importante levar o seu melhor amigo de quatro patas ao veterinário a cada seis meses. A frequência é bastante importante para que o médico veterinário verifique a saúde de órgãos internos e faça exames laboratoriais.


  Banho em casa. Pode?

O ideal é que o banho do cachorro seja feito em um pet shop de confiança. Isso porque, para dar banho em cachorro idoso, é necessário ter alguns cuidados especiais.
Dicas essenciais para cuidar de cachorros idosos I Bichos & Caprichos
 
Se você tiver alguma dúvida, escreva pra gente. Teremos prazer em te ajudar!
 
Até a próxima.
 
Bichos & Caprichos

2 thoughts on “Dicas essenciais para cuidar de cachorros idosos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *