Como é a castração de gatos

Castração de gatos, optar ou não?

Se esta é a sua dúvida, você está no lugar certo. Vamos esclarecer várias questões sobre esse tema tão abordado.

Saiba tudo sobre a castração de gatos.

Saiba tudo sobre a castração de gatos.


Por que castrar um gato?

Infelizmente, existem muitos animais abandonados nas ruas e os gatos são grande parte deles. A castração pode evitar o aumento desta população e o sofrimento deste animais.

A castração também traz vários benefícios para a saúde do gato, como a melhora na qualidade de vida, principalmente daqueles que vivem em espaços menores. Castrar o felino controla o seu comportamento sexual e com isso aumenta sua segurança, já que ele não sairá mais em busca de fêmeas no cio; situação em que muitos gatos acabam sendo atropelados. E também evita o felino de se machucar em brigas com outros machos pela disputa de gatas no período fértil.

Ilude-se quem deposita na castração a esperança de que o comportamento do seu animalzinho vá mudar totalmente. A personalidade do gato não se altera com a cirurgia. É importante estar ciente disso, caso espere certas mudanças de comportamento dele. Um gato castrado também pode se tornar mais sedentário e com isso obeso. Para evitar, é necessário brincar um pouquinho com ele todos os dias, para que ele se movimente e também alimentá-lo com rações específicas para gatos castrados.


Qual é o procedimento para castração de gatos?

Existem muitos mitos que rodeiam este assunto e várias pessoas têm medo de castrar o seu gato. A castração é considerada um procedimento cirúrgico simples, que necessita de anestesia geral para a segurança da cirurgia. É claro, que sempre se recomenda, a escolha de um veterinário habilitado e de confiança para qualquer tratamento do seu animalzinho de estimação.

Na castração, os testículos do gato são retirados, pois eles produzem a maior parte da testosterona do animal. Assim, sem a produção quase total deste hormônio, o gato se torna infértil, ou seja, incapaz de se reproduzir.

O pós-operatório é tranquilo, com a prescrição de medicação para os dias seguintes e o uso de um colar ao redor do pescoço do gato, chamado colar elizabetano. O colar recebeu este nome por ser semelhante aos colarinhos engomados que as pessoas usavam há alguns séculos atrás. Este colar é importante para que o felino não tenha acesso com a boca  aos pontos da cirurgia, pois ele pode acabar mordendo os pontos e se machucando.

A castração pode ser feita a partir de 6 meses à 1 ano do felino, dependendo do desenvolvimento e formação de cada um.

Colar elizabetano

Colar elizabetano para animais.

Se você tiver alguma dúvida, escreva para a gente. Teremos prazer em te ajudar.

Você também é apaixonado por animais? Curta nossa página no Facebook e siga no Instragram. Você vai poder acompanhar muito conteúdo interessante sobre cães e gatos.

Até a próxima!

Bichos & Caprichos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *